Há um ano, 05 de setembro, eu iniciava o meu Caminho de Santiago. Tinha pela frente cerca de 40 dias para caminhar. Eu, minha mochila, minhas botas, meu corpo, meu coração. Eu e minha história. Eu e minhas intenções de cura.

Cheguei na França depois de passar salpicar por 5 países em menos de 48 horas. Estava pronta, com toda a lista de providências tomadas, mochila mais pesada do que deveria e alguns mapas que me ajudariam a planejar meus trajetos diários.

Eu a sós.

Eu e um mundo de peregrinos.

Eu e pessoas que se tornaram queridas.

Eu e anjos que transformaram meu Caminho.

Todas as experiências dessa vida nos proporcionam oportunidades de aprendizado. O dia a dia nos permite isso a todo instante. Mas há uma imensa diferença quando nós nos dispusemos e intencionamos que as experiências assim sejam.

E aí está a grande beleza do Caminho. Muitas pessoas, cada uma em seu tempo, cada uma com sua história, cada uma com suas dificuldades, seguindo em busca de seus curas, seus objetivos, suas intenções, seus avanços, seus passos dados.

O poder da intenção é um dos grandes ensinamentos que o Caminho trouxe para minha vida. Agora não só vivido nos 800km que levam a Santiago, mas em cada um dos passos dados nessa jornada de vida sendo Paula.

Hoje, olhando para esse um ano que passou, sou só agradecimento por cada passo dado e pela forma linda, leve e suave que a minha vida vem se transformando.

Ainda esse ano, em 2016, desejo entregar minha história em forma de escritos num livro sobre minha experiência de vida e de Caminho. Daqui escrevendo e escrevendo com amor para que todas as riquezas permaneçam vivas em mim e possam ganhar vida em outras vidas.

 Paula Quintão

05 de setembro de 2016

assine_newsletterb

 

banner_novoeu
Author

Paula Quintão é escritora & mentora de escritores, transição de vida e negócios digitais. Criadora da Escola de Rumos, do Portal Coragem Para Empreender e da Editora Suban a Los Techos, autora do livro Para Sempre Um Novo EU. "De passo em passo eu desvendo um mundo dentro e fora de mim".