Cuidemos dos Plantios

É a lei da natureza: o planto gera colheita. Também é a lei da natureza: do plantio cuidamos nós, a colheita é providência de Deus, vem de um milagre que nos cabe apenas testemunhar.

Não nos cabe reclamar dos plantios que não vão para frente.

Não nos cabe lamentar os brotos que iam tão bem e da noite para o dia minguam sem vida.

Não nos cabe dizer quando a colheita virá. Nem seu tempo, sua forma.

Não nos cabe decidir sobre as germinações. Sobre os florescimentos. Sobre os tempos do frutificar. Nos cabe o plantio dedicado, os cuidados com o regar, a atenção da poda, o colher dos frutos, e o agradecer.

Dar graças para multiplicar. Nada mais nos cabe.

Nessa dança com a vida, ela sempre generosa e abundante, podemos confiar, bailar, ser poesia.

Deus não nos desampara.

Cuidemos apenas dos plantios.

Paula Quintão.

Dedico às Mulheres do Espírito Selvagem, ao Clube dos impulsionadores, aos integrantes da Mentoria de Negócios e os alunos do DNA do Negócio, que sabem muito bem que dança é essa com a vida.